Museu Casa de los Tiros

Museu Casa de los Tiros

Em pleno Realejo se localiza a Casa de Los Tiros, um museu que atravessa a história de Granada e suas tradições através de gravuras, mapas, fotografias, obras de artesanato local e fontes bibliográficas

História da Casa de los Tiros

A Casa de los Tiros é uma antiga fortaleza do século XVI localizada em pleno bairro do Realejo. Trata-se de uma casa com aparência de fortificação que deve seu nome aos tiros presentes em suas ameias. Pouco depois de sua construção, a propriedade foi adquirida pela família nobre Granada-Venegas

Na fachada da Casa de los Tiros pode-se ver o escudo da família, uma espada atravessando um coração com a inscrição "o coração manda" ("el corazón manda"). Além disso, chama a atenção a ausência de motivos religiosos na fachada, com o fim de evitar confrontos com os cristãos e com os muçulmanos. Nas duas sacadas esculpidas na frente da casa, há cinco estátuas representando Hércules, Teseu, Jasão, Heitor e Mercúrio.

Coleção

Desde o ano 1921, a Casa de los Tiros passou a ser propriedade do Estado e se converteu num museu dedicado a temas granadinos. Ao longo de suas doze salas estão expostos desenhos, gravuras, cartazes, jornais, fotografias e outros documentos que percorrem a história de Granada do século XVI até a atualidade. 

A escadaria principal do museu abriga uma coleção de retratos reais de personagens transcendentes como Isabel, a Católica (Isabel I de Castela), Carlos V e Felipe II, entre outros. Numa das salas é possível ver um conjunto de objetos de argila do século XIX, peças de cerâmica de influência nasrida e tapeçarias que pertenceram a importantes famílias burguesas de Granada. 

A parte mais interessante do museu é o salão conhecido como a Cuadra Dorada. Seu teto de madeira está decorado com figuras de heróis espanhóis, bustos de reis e inscrições que relatam suas façanhas. 

Horário

De 16 de setembro a 31 de maio:
De terça a sábado: das 10:00 às 20:30 horas.
Domingos e feriados: das 10:00 às 17:00 horas.
Segunda-feira: fechado.
De 1º de junho a 15 de setembro:
De terça a sábado: das 9:00 às 15:30 horas.
Domingos e feriados: das 10:00 às 17:00 horas.
Segunda-feira: fechado.

Preço

Cidadãos da União Europeia: entrada gratuita.
Cidadãos de outros países: 1,50€

Transporte

 Ônibus: linhas 30, 32 e 35.