Abadia do Sacromonte de Granada

Abadia do Sacromonte de Granada

Os restos mortais de Santo Cecílio foram encontrados num lugar que hoje é ocupado pela Abadia do Sacromonte, um dos monumentos mais desconhecidos de Granada e, ao menos tempo, dos mais interessantes. Entre em suas Grutas Sagradas e descubra os tesouros históricos que abriga. 

No Monte Valparaíso, ao final do bairro do Sacromonte, encontra-se um dos monumentos mais desconhecidos de Granada: a Abadia do Sacromonte. Esse importante complexo religioso foi construído  partir da descoberta dos restos mortais do mártir Santo Cecílio, uma figura chave na história de Granada

História

No ano de 1954, escavações feitas em antigos fornos romanos do Monte Valparaíso revelaram os restos mortais do mártir e patrono da cidade: Santo Cecílio. Este fato provocou uma onda de peregrinação ao local, para onde se dirigiram milhares de granadinos para venerar o primeiro bispo da época romana. 

Em razão dessa comoção massiva, decidiu-se construir uma abadia sobre os restos do santo para preservá-los. Também foram encontradas placas de chumbo escritas em árabe conhecidas como livros plúmbeos

A partir daí, foi construída a abadia e todo o complexo religioso que a rodeia. 

As Grutas Santas 

Uma das partes mais interessantes da visita à Abadia do Sacromonte é entrar nas Grutas Santas, a zona subterrânea onde foram encontrados os restos mortais de Santo Cecílio e os livros plúmbeos. Trata-se de um percurso sob a terra que se desdobra em vários corredores que levam a várias capelas, a um altar e a uma gruta onde se encontram os restos mortais do mártir

Os livros plúmbeos

A importância desta descoberta encontra-se na singularidade destas placas circulares com inscrições em árabe. Pouquíssimas pessoas no mundo podem ler estas anotações antigas que relatam o martírio de Santo Cecílio e seus companheiros. 

Esses livros foram uma tentativa dos mouriscos de salvarem suas vidas durante as perseguições cristãs, inventando uma revelação divina que aprovava a união do cristianismo ao islamismo. O Vaticano confirmou a falsidade das supostas revelações, ainda que a importância histórica destes livros do século XVI seja inegável.  

O museu

A Abadia do Sacromonte abriga uma exposição permanente com obras de grande valor artístico, como um escrito original do Tratado Médico de Averróis, um cântico escrito a mão por São João da Cruz, várias pinturas de autores granadinos e o único quadro de Goya que pode ser visto em Granada. Além disso, na Abadia do Sacromonte é possível ver o famoso Cristo dos Cigano. 

Como chegar à Abadia do Sacromonte

A Abadia do Sacromonte está um pouco distante do centro de Granada, ao final do bairro do Sacromonte. O passeio do centro até a Abadia apresenta um belo trajeto, mas você também pode recorrer às seguintes opções de transporte para chegar à Abadia do Sacromonte:

  • Ônibus: linha C34 saindo de Plaza Nueva. Os ônibus passam a cada 20 minutos.
  • Táxi: o trajeto saindo da Alhambra custa cerca de 5€.
  • Carro particular: pelo Camino Viejo del Fargue utilizando o desvio à esquerda pela Carretera de la Abadía.

Se você deseja desfrutar de uma paisagem de sonhos, recomendamos descer caminhando da Abadia do Sacromonte ao centro de Granada. É um passeio de cerca de 30 minutos que o levará pelo Sacromonte, Albaicín e Carrera del Darro: três visitas indispensáveis em Granada. 

Horário

De outubro a abril:
De segunda a sábado: das 10:00 às 13:00 horas e das 16:00 às 18:00 horas.
Domingos: das 11:00 às 13:00 horas e das 16:00 às 18:00 horas.
De maio a setembro:
De segunda a sábado: das 10:00 às 13:00 horas e das 17:00 às 19:30 horas.
Domingos: das 11:00 às 13:00 horas e das 17:00 às 19:30 horas.

Preço

Visita guiada: 5€.
Menores de 10 anos: entrada gratuita.
Pessoas com mobilidade reduzida: 2 €.